invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible

a agoirar desde 2004

Busca    |    Arquivo    |    Temas    |    Ligações    |    Mediateca    |    Sobre o blog    |    RSS      |    Gosta?

segunda-feira, 2 de maio de 2005

Eternamente Jorge

Academia de Aveiro, Semana do Enterro do Ano. O pavilhão não tem as mínimas condições sonoras para lá se realizarem concertos, mas é o nosso pavilhão. A nossa festa. Eu lá estive, como no ano passado, a ver o Jorge. Quando o gajo entrou no palco, juro-vos que parecia que ele estava normal. Mas, veio a provar-se que o Jorge Palma nunca é normal. Ainda bem. É asssim que eu gosto dele.

Foi um belo concerto, numa porcaria de recinto. Associação Académica e Câmara Municipal, acabem com isto, por favor. (E, Jorge, se leres isto, desculpa lá a falta de convicção dos meus colegas a pedirem o encore. A frouxidão já é tradicional na academia aveirense.)

Fiquem com a minha preferida dele.

~ * ~
Eternamente Tu

O tempo não sabe nada, o tempo não tem razão
O tempo nunca existiu, o tempo é nossa invenção
Se abandonarmos as horas não nos sentimos sós
Meu amor, o tempo somos nós

O espaço tem o volume da imaginação
Além do nosso horizonte existe outra dimensão
O espaço foi construído sem princípio nem fim
Meu amor, huuum, tu cabes dentro de mim

O meu tesouro és tu
Eternamente tu
Não há passos divergentes para quem se quer
Encontrar

A nossa história começa na total escuridão
Onde o mistério ultrapassa a nossa compreensão
A nossa história é o esforço para alcançar a luz
Meu amor, o impossível seduz

O meu tesouro és tu
Eternamente tu
Não há passos divergentes para quem se quer
Encontrar

O meu tesouro és tu
Eternamente tu
Eternamente tu

8 comentários:

SweetSerenity disse...

Sim, sem dúvida, como já ouvi dizer, Jorge Palma é também um poeta. Sinceramente não conheço o trabalho dele. Talvez umas músicas de ouvido, mas nada mais. E conheço também a reputação de jovem rebelde eterno.
Mas esse poema está muito bonito. Queria destacar alguns versos, mas acho todo o poema maravilhoso. De qualquer das maneiras as duas primeiras quadras e "o impossível seduz" dizem taaaaanto! É lindo e é verdadeiro.
Se uns copitos nos dão a volta a cabeça, hmmm, deixem dar a volta a cabeça a muitos mais como Jorge Palma :) (desde que seja pro bem x) )
Beijo*

Gato Preto disse...

"não conheço o trabalho dele"? Isto é muito grave... Vou ter que tomar medidas. Ah pois vou!

Lana disse...

err..se eu disser k n conheço é assim mt mau?? :|

Gato Preto disse...

É péssimo, minha querida, quer dizer que não conheces um dos maiores compositores (e músicos, e cantores) de Portugal de sempre. :( E numa situação dessas, os gatos pretos ficam de pêlo eriçado e garras de fora! lol

Quer dizer, toda a gente conhece o "Frágil", o "Deixa-me Rir", ou o "Bairro do Amor", mas há muuuuuito mais do JP.

Obviamente, eu percebo o porquê de ele não ser muito conhecido: infelizmente, a música dele não passa muito nas rádios nem nas televisões.

Eu vou tentar pôr umas canções dele na net para ver se conquisto mais fãs. Darei notícias...

Perséfone disse...

bem.. eu ja ca n vinha ha muito tempo, mas nao podia deixar passar em branco este post, esse cantor.. bem esta associado a um grande amigo meu, foi ele que mo apresentou mais formalmente digamos.. volta e meia ouvimos um cd dele no carro, e a "essa miuda" é uma musica mui especial pra mim.. enfim eu gosto :) e adoraria poder ve-lo ao vivo.. lucky you huh? ;)

beijinho grande*

Gato Preto disse...

"Essa miúda é uma fogueira..."

vermelho disse...

Gato Preto:

É absolutamente legítima a tua adoração pelo Jorge. Já apanhei uma bebedeira com ele e acabei a noite a cantar a Santa Apolónia fora do tom... Nessa altura, infelizmente, não tinha a notoriedade (porque a qualidade e o talento já lá estavam, e de que maneira) que hoje atingiu, mas posso dizer-te que é uma pessoa genial, franca, humilde, fraterna e uma grande alma. O "TIR" com o material que levou para o concerto era o seu pequeno AX, onde ainda cabia o técnico de som... Ainda bem que agora tem mais sucesso porque uma pessoa como ele não merece morrer na miséria.
Abraço.

Gato Preto disse...

Eu não conheço o Jorge, mas realmente nota-se. Obrigado, Vermelho. Um abraço.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...