invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible

a agoirar desde 2004

Busca    |    Arquivo    |    Temas    |    Ligações    |    Mediateca    |    Sobre o blog    |    RSS      |    Gosta?

sábado, 19 de agosto de 2006

Do Anarquismo, por Nicolas Walter

"Se todos os homens são de tal maneira maus que devam ser governados por outrem, dizem eles, quem é então suficientemente bom para governar os outros?"
Nicolas Walter, Do Anarquismo

Mais um livro. Este chama-se "Do Anarquismo" e é um resumo bastante conseguido daquilo que é a Anarquia (ou Anarquismo). Recomendo vivamente a sua leitura, sobretudo àqueles que julgam que Anarquia significa apenas desordem. É pequeno, fácil de ler, e pode ser um bom começo...

Ah, quero ver isto cheio de comentários de pessoas que o leram. Senão, ficarei profundamente chateado.

8 comentários:

Vénus_0609 disse...

Oi!!
Pois, pois... Tu só o recomendas p ser pequeno... Tou-te a ver... Pois é... Lol
Não, não... Ainda não o li... Q fazes agora??? Han? Bates-me? Apagas o meu comentário? Han???? Diz lá se és Homem... Lol... Lol... Lol...
Beijocas :*
Vénus :)
;)

maxi disse...

Bem vou fugir um pouco ao tema.. mas não és o mesmo autor deste blog: gatopreto.weblog.com.pt/arquivo/2004_03.html ?

Gato Preto disse...

Para a Vénus_0609:

Não te bato, mas fico chateado. Ah, pois, fico muito chateado. ;)

Mas não, eu não o recomendo por ser pequeno. Recomendo-o porque é um livro que resume muito bem uma ideologia (custa-me chamar-lhe assim, mas paciência) que me diz tudo.

Beijinho!

--------------------------------

Para maxi:

Não sou o autor desse blog. Nem conhecia, embora já me tenha dado conta que há muit@ gat@ pret@ por aí... eheh

Abraço!

Paulo Sempre disse...

Os outros podem ser governados por uns e outros dos outros...
Afinal quem não quer o poder....?
Gostei
Obrigado por ter este «blog»

Paulo

Savonarola disse...

Caro Gato Preto, venho felicitar-te por esta iniciativa. Irei ler este livro com o maior interesse e também te felicito por seres o revisor! Como sabes, é um tema que me é muito caro - ou não fosse eu O Anarquista (!?). Sem dúvida que, depois de o ler, virei aqui deixar os meus comentários! Um abraço

Lady Black Rose disse...

Saudações...

gostei do blog...
Ah, a citação é bastante apelativa. Adoro literatura e bem, estou a ponderar lê-lo logo que possa...

Paz, amor e empatia...

Dark kiss^^

Perséfone disse...

Estou falida.. não tenho tostões nem pra mandar um ceguinho cantar. [é assim o ditado?] nhé. ;_;



[ah é verdade.. um abaixo assinado era fofo :P vou por as minhas "correspondencias" em dia :x sim, porque eu agora tenho muitas pen pals :x AI acho que nao vou ter gas pa todas mas.. vou tentar ^^ OBA!]



:*

jotadias disse...

Grande ideia. Assim alguns que tinham a ideia que "Anarquismo" era desordem ficarão a saber que é precisamente o contrário.

A utupia é a raíz da humanidade, seriam de certeza utópicos os nossos avós se algum afirmasse que as mulheres deveriam ter os mesmos direitos dos homens, que a jornada de trabalho seria de sete horas diárias, que não se trabalhava ao sábado e domingo, que toda a gente devia estar ligada em rede, etc., etc., se não fossem muitos "utópicos" ainda andaríamos de tanga e comería-mos com as mãos.

Aqui vai uma das muitas ideias anarquistas:

....ninguém se tornou rico nem continuou a sê-lo pelo seu trabalho, mas tão sómente explorando o trabalho dos outros.......



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...