invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible

a agoirar desde 2004

Busca    |    Arquivo    |    Temas    |    Ligações    |    Mediateca    |    Sobre o blog    |    RSS      |    Gosta?

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Inseguranças



O Global Peace Index é um ranking global que pretende avaliar o nível de segurança de cada país. É baseado em estudos feitos por várias instituições e especialistas internacionais, avaliando indicadores concretos, internos e externos, como os níveis de crime e violência interna do país, o investimento em armamento, ou mesmo as guerras em que está envolvido.

A classificação é muito interessante, a vários níveis, mas vou aqui deter-me num país apenas: Portugal.

Feitas as contas, Portugal é considerado o sétimo país mais pacífico do Mundo, à frente, por exemplo, do Canadá, da Suíça, da Suécia e da Holanda, e distante dos vizinhos do Sul europeu, Espanha, Itália e Grécia. Subiu três posições em relação a 2007. O DN, citando o relatório de resultados diz:
  • "o número de polícias por habitante é «relativamente baixo em termos globais», embora bastante mais do que nos países nórdicos".
Isto é, apesar de termos um país seguro, temos mais polícia que os considerados mais pacíficos, seguros e progressistas do Mundo, os nórdicos. Isto é, apesar de Portugal ser considerado mais seguro que a maioria dos países nórdicos e de, não sei se paradoxalmemte, ter mais polícia que eles, assiste hoje -- e há anos! -- a uma campanha histérica dos políticos da oposição e da comunicação social -- principalmente desta -- contra os "níveis galopantes" de crime e insegurança no país.

Pelo negócio, pelo monopólio, por um admirável Mundo novo, o jornalismo da treta e os big shows sensacionalistas sabem o que têm a fazer. E, atenção, fazem-no bem.

6 comentários:

mescalero disse...

de acordo. é uma campanha para fazer passar a ideia de insegurança e consequentemente criar a necessidade de haver controle social: mais polícias, videovigilância, chips, invasão de privacidade, etc.

a questão agora é que essa mensagem já passou

cumps

Savonarola disse...

Ponto bem marcado! Esta "histeria" política em torno do crime deriva, muito provavelmente, do facto de certos políticos, especialmente os da direita, adorarem ir ao cinema ver séries B hollyhoodescas, com Stalone e Steven Seagal nos papéis principais. Apesar do facto de estes já deverem ter trocado as botas de cowboy-chuleco pelas pantufas dos geriátricos avatares em que se transformaram. A beberem cházinhos de tília com as amigalhaças lá do Lar/Casa do Artista do Texas. :)))

Abraços anarquistas

Gato Preto disse...

Pois, mescalero, a mensagem já passou. É por isso que este tema me irrita profundamente. Toda a gente anda chocada porque acontece um assalto, ou porque há um assassínio, mas ninguém se incomoda com milhares de pessoas chacinadas em guerras, nas quais temos responsabilidade directa. Há que desmascarar as mentiras dos políticos interesseiros, que se aproveitam da ingenuidade dos alienados.

Abraços a ambos!

Anónimo disse...

Boa... bem visto... não conhecia esse site. Abrc

Anónimo disse...

Sim, de facto há milhares de pessoas a morrer em guerras,também há milhares de pessoas a morrer de fome e doenças e por aí fora... Mas essas guerras não são certamente há porta de sua casa e pelo que percebi os assaltos e a violência que passam na televisão também não!
Fico contente que viva no paraíso mas para alguns de nós que temos de viver no mundo real acredite que levamos com eles!
E com certeza que os media exageram mas não se preocupe que você não é o único a chegar a essas verdades esclarecedoras.

Gato Preto disse...

Primeiro anónimo:
Obrigado e um abraço.

Segundo anónimo:
Obrigado também. Note que, mesmo esquecendo outros factores sociais decisivos, como a pobreza e a iliteracia, o nível de violência tende a aumentar quanto maior for a repressão, e vice-versa. É um círculo vicioso, certo? Agora, o aumento da repressão é apenas uma forma, a mais preguiçosa, de tentar resolver o problema. Há outras. Tudo na vida são opções. Um abraço.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...