invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible

a agoirar desde 2004

Busca    |    Arquivo    |    Temas    |    Ligações    |    Mediateca    |    Sobre o blog    |    RSS      |    Gosta?

sexta-feira, 2 de março de 2007

Um parágrafo

Do Manual Prático de Delinquência Juvenil:

É confortável essa postura de que se sabe de todas as merdas do mundo e que só não se pode corrigi-las por causa da apatia das massas bovinas. É como se com isso nos livrássemos de todo o mal, de toda e culpa e porque não dizer? de toda a responsabilidade. Essa postura não deixa de ser cínica. Cínica porque esconde um medo. Medo de que não exista o mal, nem a culpa e muito menos responsabilidade. Medo de encarar o monstro sem se transformar nele.

8 comentários:

firmina12 disse...

Obrigada. Só agora tive o prazer de ler o seu comentário

Savonarola disse...

Gostei da escolha. No entanto, as ditas "massas bovinas" não existem, a meu ver. As massas - populares - podem estar adormecidas, alienadas, mas sabem despertar dessa apatia, se chamadas a fazê-lo: por um acontecimento externo, por um apelo. Há que apelar a que reajam, para que não se instale o dito "monstro": aquilo que aqueles que mandam desejam que existe. Há que despertar o povo para que lute.
Um abraço amigo

Lana disse...

não gostei.
pode ser porque não tenha percebido mas...
não achei nada demais.
nada de novo, nada de "wow".

padeiradealjubarrota disse...

Então, despertemos o povo!

ferroadas disse...

Se estão apáticas (as massas) há que desperta-las....

Garota marota disse...

Para qd uma nova postagem? Já tenho saudades do Avelino e do seu gato, claro!

Beijinho *:)

Garota marota disse...

Espero que o ADELINO nao tenha ficado ofendido...ai ai...que cabeça a minha :)

Watchdog disse...

Na minha opinião, as "massas" têm pouca consciência crítica e civíca!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...