invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible invisible

a agoirar desde 2004

Busca    |    Arquivo    |    Temas    |    Ligações    |    Mediateca    |    Sobre o blog    |    RSS      |    Gosta?

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Hipérbole


Há no teu beijo mais poesia
que em todos os versos do mundo
exagero?
seja
porém sincero
não apenas porque o quero
mas porque a demais
realidade é pouca
seja
o universo resumido
numa boca

Hipérbole?
qual hipérbole?
teu pescoço
é a definição matemática de hipérbole
ciência assim me basta
e mais nada

Adelino

22 comentários:

Sara Batupé disse...

:)

A melhor poesia é quela que nos deixa sem palavras...a simplicidade genial, o terreno inatingível.

Dias disse...

Bem-vindo amigo.

Como sempre e na continuidade dos teus textos, uma palavra MARAVILHOSO

Um abraço

SweetSerenity disse...

Que lindo!... fiquei babada :) queria dizer algo com conteúdo para que ficasses cheio com as palavras, mas não sei que mais acrescentar... Lindo!

o pescoço é de facto uma parte do corpo lindíssima :)

contente pelo teu regresso. és um rapaz cheio dessa coisa a que chamam talento :)

*!

Gato Preto disse...

Eu é que vou ficar babado se voçês não páram de me elogiar... Obrigado!

...

Ok, podem continuar!

:D

Sara Batupé disse...

Mais um elogio: este novo layout é ainda mais bonito :)

Obrigada por teres dado a volta à cidade por minha causa *:-)

Beijinhos, muitos beijinhos*

Perséfone disse...

não é questao de fazeres de advogado do diabo, no jornalismo pura e simplesmente nao ha espaço para opinioes pessoais. passei o ano inteiro a ouvir criticas durissimas de professores a certos profissionais do jornalismo que por terem alguma "casa" ja acham que podem estrapolar o que é estabelecido. ainda por cima artigo deste genero. a primeira coisa que nos ensinam na faculdade de jornalismo é isso, a imparcialidade e a simplicidade, coisas que pura e simplesmente nao estao presentes naquele texto. e alem disso partindo do principio que é uma critica musical, e que quem vai procurar ler a noticia sao os fans de metal, poderiam por ventura ter posto la um jornalista que percebesse alguma coisa do assunto e nao que fosse contribuir para a propagaçao duma ideia totalmente retrogada sobre o metal. se nao gostam, nao falem, ignorem, escusam de empolar coisas que sao insignificantes e nao incomodam ninguem.

a imprensa em portugal esta muito ma, tanto a imprensa como os restantes meios de comunicaçao. mas prontes. quanto a isso nao ha nada que eu possa fazer. so deixar de comprar o jornal. ^^


beijo!
VOLTAAAASTE!!!! :P

***

Perséfone disse...

poizé, mas nao devia ser. nao digo que seja possivel o jornalista anular-se completamente, mas pelo menos devia ser menos explicito em relaçao a isso. alias devia ser muito subtil em relaçao a isso. o homem esteve muito mal e o jornal ainda esteve pior, isso nao se pode contestar.

but life goes on, nao nos afecta tanto quanto isso, no dia em que vier uma critica decente a um concerto de metal num jornal generalista decerto que o fim está proximo :P

Savonarola disse...

Bem vindo! Um belo recomeço, em hipérbole...
Um abraço

Minerva disse...

Lindo, lindo, lindo

Giovanna disse...

Que sorte tive eu. Procurei no google a foto de um gato preto e encontrei um GATO PRETO! Adorei seu blog,beijos do outro lado do mundo,

Pedro Afonso disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pedro Afonso disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
fresquinha disse...

Conhecem A Mulher do Próximo ? Logo vi que não.... Vão a www.afresquinha.blogspot.com

aprendiz disse...

Procurava o site da loja do gato preto (acho que não existe) e encontrei este blog...
Sou uma defensora incondicional de animais, e fã dos felinos! Adoro-os todos, mas tenho um fascínio pelos pretos :)
O autor tb gosta de felinos, ou é só um nome???
Parabéns pelo blog

Camarada Choco disse...

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?"

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco”

Anónimo disse...

A Hedionda Tradição em Campia

No dia do Carnaval os organizadores caçam um gato, metem-no dentro de um cântaro, onde fica fechado até à hora da festa, pendurado no cimo dum grande pau, no largo da localidade, rodeado de lenha. Lançam fogo à pira, as cordas queimam-se, o cântaro cai, desfaz-se e o animal vê-se no meio do fogo. Se não morrer, foge, sendo perseguido por toda a aldeia com paus para tentarem matá-lo.

Carrascos: Presidente da Câmara
Presidente da Junta
Padre – que abençoa a festa


www.riapa.pt.to

JDias disse...

Então amigo onde paras, estamos órfãos da tua prosa. Diz qualquer coisa.

Abraço

fresquinha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
fresquinha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
fresquinha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
rato contra a vassoura disse...

ótimas palavras, de quem sabe usá-las com categoria

e o amor é a essência da poesia, isso não dá pra negar, não importa pra onde ela vá...

Marreta disse...

Está em marcha a IV GRANDE FARRA BLOGOSFÉRICA! Inscreve-te! Contribui para o PIB e para o fomento da produção nacional! Junta-te à confraria do barril!
A bem da blogosfera,
Saudações do Marreta.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...